CARACTERIZAÇÃO Elementar das Frações Granulométricas da Escória Granulada Oriundas de Três Altos-fornos

Nome: Marllon Fraga Silva
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 23/10/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcos Tadeu DAzeredo Orlando Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Antonio Eduardo Martinelli Examinador Externo
Cherlio Scandian Examinador Interno
Marcos Tadeu DAzeredo Orlando Orientador
Patrício José Moreira Pires Examinador Externo

Resumo: Esse estudo descreve a caracterização elementar da granulometria associada à escória granulada de altos-fornos de uma siderúrgica próxima a Vitória – ES – Brasil, com o objetivo de qualificar e mostrar a aplicabilidade da escória granulada de alto-forno em diversos tipos de indústrias. Para tanto, foram analisadas amostras de três altos-fornos. Mais especificamente, foram coletadas doze amostras, sendo quatro de cada alto-forno. Inicialmente, as amostras passaram por um processo de peneiramento, realizado com oito peneiras em sequência que possuem diâmetro de abertura variando de 4800 até 75 micrometros. Cada fração granulométrica retida foi separada e teve sua massa medida em uma balança semi-analítica. Com os dados obtidos na análise granulométrica, verificou-se a existência de um padrão de distribuição granulométrico similar para os três altos-fornos. Cada fração granulométrica das escórias retidas foi macerada no moinho de argolas e, posteriormente, passada por uma peneira de 75 micrometros, obtendo, assim, um pó com a mesma granulometria para todas as frações. Este pó foi submetido a uma análise elementar via fluorescência de raios X. Cada fração foi analisada, identificando-se a variação da composição química. A maior quantidade de material ficou retida na fração entre 1180 e 600 micrometros, totalizando 42,5% em massa do material analisado, sendo que, os compostos químicos com maiores percentuais em massa foram o óxido de cálcio, sílica e alumina. Além disso, observou-se que as variações das concentrações de alguns compostos químicos estão relacionadas com o tamanho das partículas da escória granulada.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910