PERFIS de Tensão Residualdo Aço Duplex uns 32304 Submetido á Processo de Soldagem Tig e Diferentes Condições de Tratamento Térmico de Tempera

Nome: Mariana Xavier Milagre
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 13/05/2015
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Marcos Tadeu DAzeredo Orlando Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Jesualdo Luiz Rossi Examinador Externo
Marcelo Camargo Severo de Macêdo Examinador Interno
Marcos Tadeu DAzeredo Orlando Orientador
Temistocles de Sousa Luz Coorientador

Resumo: Falhas estruturais podem ocorrer por uma combinação dos efeitos das tensões
de serviço e das tensões residuais. Estas são geradas após deformação
plástica não uniforme causada por processos mecânicos, térmicos ou
químicos. Neste trabalho investigaram-se os valores médios das tensões
residuais de amostras de aço inoxidável duplex UNS S32304, submetidas a
diferentes condições de tratamento térmico e processo de soldagem TIG, por
técnica de difração de raios X. A partir dos valores de tensões médias
construíram-se perfis de tensões residuais. Para isto, acompanhou-se o
comportamento do plano 420 da austenita com radiação CuKα ( 􀟣̅ = 0,1542
nm) e o plano 211 da ferrita com radiação CrKα ( 􀟣̅ = 0,2291 nm). As amostras
foram tratadas a 475, 600 e 750 °C por 8 horas em atmosfera ambiente e
resfriadas em água do mar. Os resultados foram analisados pelo método do
sen²ψ e indicam que as variações microestruturais e térmicas, relacionadas às
diferentes condições experimentais, influenciam o valor médio das tensões
residuais do material e consequentemente o perfil de tensões.

Aço inoxidável duplex. Difração de raios X. Tensões residuais.
Tratamentos térmicos. Soldagem TIG

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910